Governança

A Fundação Enersul foi estruturada para executar suas atividades de maneira organizada e idônea, prestando atendimento eficaz e transparente aos seus beneficiários. Para isso, conta com uma governança composta pelos conselhos Deliberativo e Fiscal e por uma Diretoria-Executiva.

O Conselho Deliberativo e o Conselho Fiscal são compostos por membros indicados pela patrocinadora principal e eleitos pelos participantes. O processo de eleição dos membros titulares e respectivos suplentes observa as regras previstas em Regimento Eleitoral.

O Conselho Deliberativo é o órgão de deliberação e orientação superior cabendo, sobretudo estabelecer diretrizes fundamentais e normas de organização, operação e administração.

O Conselho Fiscal é o órgão fiscalizador, responsável por zelar que haja o atendimento as regras estabelecidas pelas legislações vigentes​.

A Diretoria-Executiva é o órgão de administração geral cabendo a execução das diretrizes fundamentais e cumprir a política de administração estabelecida pelo Conselho Deliberativo.​​

Conta ainda com o Comitê Gestor de Investimento que tem por objetivo assessorar a Diretoria-Executiva na tomada de decisão no campo da gestão dos ativos da Entidade, que tem por finalidade analisar, avaliar e sugerir qualquer ativo elegível que possa fazer parte do portfólio da Fundação Enersul.

Conheça o Manual de Controladoria e Governança.